terça-feira, 19 de maio de 2009

CEDO

Tânia Espírito Santo 09


"Hoje de manhã saí muito cedo,
Por ter acordado ainda mais cedo
E não ter nada que quisesse fazer...
Não sabia que caminho tomar
Mas o vento soprava forte, varria para um lado,
E segui o caminho para onde o vento me soprava nas costas.
Assim tem sido sempre a minha vida, e
Assim quero que possa ser sempre
Vou onde o vento me leva e não me
Sinto pensar."





Alberto Caeiro

4 comentários:

Olharte disse...

A luz que está ao fundo do túnel guia-nos sempre. Bela imagem

bj

Anónimo disse...

"Pensar incomoda como andar à chuva. Quando o vento cresce e parece que chove mais."
Rosa

Anónimo disse...

...menina rosa, mas dançar á chuva não incomoda, pois não!!!!???? :)))

Olha a censura,estou a ver ke tenho ke ter cuidado;)

Anónimo disse...

O único "incómodo" de dançar à chuva é ficar com a roupa colada ao corpo...